in

Morreu, mas passa bem? Repórter da CNN comete erro grotesco ao vivo

CNN

A CNN Brasil estreou há pouco mais de uma semana. No entanto, esses primeiros dias foram de muitos erros. Diferente do padrão internacional, no Brasil, alguns erros básicos tem acontecido. A CNN chegou a anunciar que a Olimpíada de Tóquio seria adiada, quando ainda e discute apenas essa possibilidade. 

Publicidade

Outros erros viraram piadas na internet, como o que uma jornalista diz que o Chile e a Bolívia não faziam parte da América do Sul. Ela chega a repetir a informação errada. No entanto, ninguém superou uma jornalista do canal que fez o famoso “morre, mas passa bem”. Isso ocorre quando um jornalista, ao mesmo tempo noticia uma morte, mas se confunde e dá informações de quando a pessoa ainda estava viva, deixando quem está assistindo tudo confuso, já que beira a dúvida se a pessoa está bem ou se realmente faleceu. 

O erro ocorreu durante a cobertura do coronavírus no Brasil. “Um desses casos é de um caso grave, de um médico de 65 anos que segue internado em um hospital particular da zona norte da cidade”, disse a jornalista, que passava as informações diretamente do Rio de Janeiro, que é, até o momento, o segundo estado com mais casos da doença. No Brasil, são 25 mortos pela COVID-19 e mais de 1.600 casos confirmados da doença. 

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra a jornalista da CNN errando as informações ao vivo e confundindo o público ao se embananar toda. 

Publicidade

“Sabe aquele médico que ficou internado, morreu, apresentou uma melhora e agora segue internado?’, comentou um dos internautas ao falar sobre o tema. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.