in

Médico faz alerta após Bolsonaro anunciar medicamento ainda ineficaz contra o coronavírus

Veja / Montagem

Neste sábado, 21 de março, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, gravou um vídeo sobre o uso de um possível remédio que pode ajudar a curar a Covid-19. O remédio é a cloroquina, que já é utilizado para outras doenças, como a malária e o Lupos. O presidente citou pesquisas sobre o uso do medicamento, que chegou a ser mencionado por Donald Trump. 

Publicidade

De acordo com o presidente, a cloroquina terá sua produção aumentada pelo laboratório do Exército. Além disso, ele proibiria a exportação desse medicamento nesse momento, fazendo assim que sua venda ocorra apenas no Brasil. O problema é que ainda não há comprovação razoável da eficácia dessa droga em pacientes com coronavírus.  

O médico JC, Carlos Magno, que trabalha como infectologista, falou sobre o medicamento. “Os estudos em relação aos efeitos da substância contra a Covid-19 são muito preliminares, feitos em cultura de células, o que não significa que funcionará em humanos. E, em pessoas idosas, os efeitos ruins são multiplicados”, disse o médico, ao fazer um importante alerta. Esse remédio tem sido usado só quando os médicos já não veem outras alternativas para pacientes que já estão em estado grave 

Publicidade

Veja abaixo o vídeo divulgado pelo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, falando que o Exército fabricará mais cloroquina e a venda desse medicamento não será mais feita para fora do país. 

Publicidade

Publicidade

“Vamos superar esse vírus como superamos tantos outros! Que Deus proteja não somente nosso país, mas todo nosso planeta! Deus abençoe e tenha misericórdia da humanidade”, disse um dos internautas sobre o assunto. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.