in

Sem luvas, médico se arrisca por pacientes e morre por coronavírus

Isto É

A situação causada pelo novo coronavírus vem se agravando em todo mundo. Recentemente o médico Marcello Natalli reclamou em um canal de TV italiano sobre a falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para que os profissionais pudessem tratar os pacientes com covid-19.

Publicidade

O italiano de 57 anos afirmou que os médicos já estavam sem luvas de látex para trabalharem, pois essas não estavam chegando mais aos hospitais. Uma verdadeira crise na área da saúde atinge a Europa neste momento.

Sem equipamentos de segurança, Marcello Natalli prosseguiu trabalhando e dias depois de ter concedido a entrevista, o médico faleceu em decorrência de complicações causadas pelo covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Publicidade

Certamente não estávamos preparados para enfrentar tal situação. Também por causa da nossa geração, da era mais antibiótica, que cresceu pensando que uma pílula contra a doença era suficiente“, havia dito o médico, antes da morte, ao canal EuroNews.

Publicidade

Marcelo Natalli vivia em Cremona, na Itália, que era a região denominada como ‘zona vermelha’ nesta batalha contra o novo coronavírus. Ao ser diagnosticado com a doença, o médico teve que ser transferido para Milão. Lá o agente da saúde contraiu pneumonia dupla e não resistiu.

Publicidade

Na Itália, muitos médicos sofrem com o novo coronavírus. Segundo uma publicação do jornal Daily Mail, de 600 médicos que existem na província italiana de Bergamo, 110 estão doentes, infectados com covid-19. Desde o começo da epidemia, foram registradas 13 mortes de médicos italianos. O número tende a crescer.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com