in

Desesperada, médica pega microfone e grita: ‘Vão para casa’

UOL / Montagem

Nesta sexta-feira, 20 de março, uma médica decidiu pegar um microfone para alertar que o coronavírus é grave. O caso aconteceu no sertão de Pernambuco, onde muitas pessoas, incluindo idosos, continuam indo para as ruas. A médica alerta que as pessoas vão morrer não só pela Covid-19, mas pela falta de atendimento no caso de outras doenças, já que a tendência é que os hospitais fiquem superlotados.

Publicidade

“Vão para casa! Se chegarem dez pessoas contaminadas, tem vaga. Mas se continuar na rua, vão ter cem, e não tem vaga. Vocês não vão morrer por coronavírus, mas por falta de assistência”, diz a médica desesperada e tentando conscientizar o povo, evitando assim que um caos maior do problema se estabeleça. As imagens acabaram viralizando em todo o país, como mostra o UOL.

O Brasil já tem 999 casos de coronavírus, segundo os números mais atualizados da doença, revelados no final da manhã deste sábado, 21 de março. Ao todo, são doze mortes aqui no país. No mundo, os casos confirmados da Covid-19 chegam a quase 290 mil casos. As mortes já são quase 12 mil.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra a médica pegando um microfone e usando um carro de som para informar que, se as pessoas não apoiarem o confinamento, elas vão lotar os hospitais e acabar morrendo.

Publicidade

Muita gente chegou a parar para ouvir as instruções da médica e até aplaudiram. Ainda assim, as ruas do local estavam bem cheias. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o confinamento como uma das medidas para evitar a proliferação do coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.