in

Idosa de 95 anos vence a Covid-19 e comemora: ‘Vou voltar pra casa’

Gazzetta

No hospital Pavullo, em Modena, na Itália, tornou-se o orgulho da equipe que, desde o dia 5 de março, quando chegou cuidava de uma idosa à sua recuperação. A italiana Alma Clara Corsini, de 95 anos acabou sendo a primeira paciente curada da Covid-19 na província onde mora, que é no Norte da Itália. A notícia repercutiu em todo o mundo nesta sexta-feira, 20 de março. 

Publicidade

A repercussão foi ainda maior pois a mulher é bastante idosa e está no grupo de risco da doença. Quanto mais velho, mais chances o paciente tem de morrer. Lidavam com a emergência do Covid-19 todos os dias ao lado da idosa os médicos Cinzia Cappi (especialista em doenças infecciosas), Maria Cristina Fontana (responsável pelo semi-intensivo) e Alessandra Marrazzo (internista), em linha direta com o Dr. Giorgio Cioni, chefe de medicina interna.

Eles fizeram questão de se unirem para tirarem uma foto do momento em que a Dona Alma receberia alma. Todos com o sinal de positivo nas mãos e sorriso nos rostos. 

Publicidade

A idosa falou sobre a liberação médica e mostrou muita alegria ao vencer o coronavírus, que no mundo já fez mais de onze mil mortos. “Sim, sim, estou bem. Eles [os médicos] eram pessoas boas que cuidavam bem de mim e, agora, vão me mandar para casa daqui a pouco”, disse a idosa feliz da vida ao poder voltar para sua residência.  

Publicidade

A foto da sua alta repercutiu nas redes sociais e serve de esperança para os brasileiros, onde a pandemia começa a fazer suas primeiras vítimas. Aqui são onze mortos e mais de 900 casos confirmados da doença. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.