in

Coronavírus: viúva não acredita ao saber do óbito do marido: ‘Mas ele morreu?’

Thinkstock/Getty Images

O número de brasileiros mortos pelo novo coronavírus só cresce e assusta cada vez mais a população. Em meio a lotação da rede de saúde privada Prevent Sênior, onde cinco pessoas já morreram pelo covid-19, um caso chamou atenção.

Publicidade

Um engenheiro aposentado de 77 anos estava em estado grave, infectado pelo novo coronavírus. O idoso veio a falecer às 22 horas desta segunda-feira, porém somente na visita do dia seguinte que a família ficou sabendo do óbito.

A viúva do aposentado relembra que havia ido ao hospital com sua enteada e ela pôde visitar o pai. Respeitando os horários limitados de visitas, ela conta que no dia 17 de março foi ao hospital com seu enteado, para que ele também pudesse ver o pai.

Publicidade

A moça conta que estavam colocando o traje necessário: “avental, luvas e máscara“. Entretanto ela e o enteado estranharam quando o nome do senhor já não constava mais quando foram fazer a ficha de visita.

Publicidade

Então chegaram dois médicos, se desculparam pela demora, que tinham pegado o plantão às 19h, e começaram a ler o prontuário. No meio, falaram do óbito“, disse a viúva, que acusa o hospital de não ter avisado a família do óbito do paciente.

Publicidade

Eu falei: ‘Mas ele morreu?’ E ele (um dos médicos) respondeu: ‘Morreu’“, contou a viúva, que na hora desacreditou da notícia que estava recebendo.

A moça conta que ficou um dia sem saber do óbito do marido, pensando que ele estava vivo. A rede de hospitais teria declarado que funcionários tentaram entrar em contato com a família, porém a viúva afirma não ter nem mensagens e muito menos ligações perdidas em seu celular.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com