in

Jornalista brasileira perde marido para o coronavírus: ‘Ele morreu sozinho’

Reprodução Instagram

A jornalista brasileira Aparecida Rocha é moradora da cidade de Viana, no Espírito Santo, e comoveu ao anunciar uma triste perda, a de seu marido. A jornalista era casada com o engenheiro italiano Michele Sarno, de 54 anos, e tinha o visitado recentemente.

Publicidade

Em uma reportagem à Tribuna Online, a jornalista capixaba deu detalhes de como foi a morte do marido. “Esse vírus matou meu marido em 10 dias“, disse Aparecida. Segundo ela, Michele tinha surpreendentemente testado negativo para doença após sentir alguns sintomas.

A jornalista avalia que provavelmente seu marido contraiu o vírus no dia 4 de março, quando teria participado de uma reunião com outros dois engenheiros na Itália. Aparecida diz que Michele se sentiu mal e, após ter testado negativo para o covid-19, e foi à farmácia.

Publicidade

No dia 12, ele saiu para comprar remédio e desmaiou na farmácia. Na mesma hora meu marido foi levado para o hospital e não saiu mais vivo“, disse Aparecida, que relata que Michele foi diagnosticado com covid-19 após sua morte.

Publicidade

Meu marido morreu sozinho. É muito triste. Não vai ter enterro. O corpo será cremado“, relatou a jornalista capixaba.

Publicidade

Aparecida conta que esteve com o marido entre os dias 17 de janeiro e 2 de fevereiro na Itália, e que o vírus ainda não tinha afetado totalmente o país.

Aparecida lembra que se assustou quando chegou aos aeroportos e viu as pessoas de máscara. “Já estava com essa confusão de coronavírus, mas ainda muito só na China“, contou a jornalista. 

A viúva é pré-candidata à prefeita de sua cidade e espera que a morte de seu marido sirva de alerta para as pessoas levarem a doença a sério.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com