in

Farmácia vende álcool para acender churrasqueira como álcool 70% mas castigo chega rápido

Reprodução/Polícia Civil

A pandemia do coronavírus vêm se alastrando pelo mundo e, infelizmente, no Brasil não é diferente. Com sete mortes no país já confirmadas até agora (19/03), por conta da doença Covid-19, várias estratégias de precaução vêm sido recomendadas pelo Ministério da Saúde para diminuir a propagação do vírus em território nacional.

Publicidade

O uso do álcool em gel é uma das maiores recomendações no atual momento e, por conta disso, muitos comerciantes estão se aproveitando para obter vantagens e um lucro maior em cima do produto, que em boa parte dos mercados já está em falta. 

Uma das denúncias mais graves recebidas pelo Procon sobre o caso foi imediatamente passada para policiais da Delegacia do Consumidor que encontrou em uma farmácia de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, três baldes de 5,5 kg de álcool para acender churrasqueira que eram vendidos como álcool em gel 70%. 

Publicidade

Como o produto era vendido ao consumidor

O dono do estabelecimento passava o conteúdo dos baldes com o auxílio de seringas para frascos pequenos de 40 ml com etiquetas como se fossem o álcool em gel 70%, que é o recomendado pelo Ministério da saúde. Os produtos eram vendidos ao consumidor sem rótulo. O produto reembalado era vendido pelo preço de R$ 4,99. 

Publicidade

A polícia apreendeu os baldes e mais 70 frascos menores que já estavam a venda no estabelecimento, além de outros recipientes vazios e etiquetas que seriam usadas nas próximas embalagens. O dono do estabelecimento responderá criminalmente pela venda de produtos impróprios para o consumo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com