in

Isis Valverde é acusada de racismo por manter empregada negra trabalhando em meio ao coronavírus

Fotomontagem: Bruno Avila / Instagram

O nome da atriz Isis Valverde está entre os assuntos mais comentados das redes sociais, neste momento. Isso porque a famosa resolveu dar dicas aos seus seguidores, em meio ao surto do coronavírus. Isis aconselhou para que todos ficassem com suas famílias dentro de casa.

Publicidade

A gente tá em casa e vai cozinhar para a família, tentar, dar o melhor de si e tomar um vinho, porque a gente merece. Vai cozinhar, ficar com o filho, não sai para a casa da amiguinha“, disse a atriz. Entretanto um detalhe incomodou uma fã.

Uma seguidora de Isis reparou que, no vídeo, aparecia uma empregada negra lavando a louça da famosa. Logo todos começaram a criticar e acusar a atriz de racismo, que estava aconselhando para que todos ficassem em casa, porém sua empregada continuara trabalhando.

Publicidade

A fã estava equivocada

Isis Valverde resolveu esclarecer a polêmica nas redes sociais e surpreendeu os fãs que a criticou de forma injusta. Segundo Isis, todos seus funcionários foram dispensados. “Pela segurança deles e pela minha segurança“, complementou a atriz.

Publicidade

Mas por quais motivos tinha uma empregada trabalhando no vídeo de Isis? A atriz explicou. Segundo ela, a moça que apareceu na filmagem foi a Cláudia, que está há 10 anos trabalhando em sua casa.

Publicidade

Isis relatou que Cláudia “não tem familiares próximos no Rio de Janeiro“, portanto ela ficaria sozinha em meio a este surto. A atriz Isis Valverde resolveu entrar em quarentena com seu filho Rael e Cláudia teria pedido para ficar junto a eles, uma vez que não queria ficar sozinha.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com