in

Mulher é expulsa de avião depois que aeromoça ouviu o que ela disse ao namorado

Mirror

Quando uma pessoa está embarcando em um avião, as companhias aéreas costumam ser bastante burocráticas para que todo o voo seja realizado da maneira desejada, sem interrupções ou problemas com os passageiros. Devido a esse tipo de norma, uma mulher e seu marido acabaram sendo expulsos de uma aeronave.

Publicidade

Beth Evans, uma professora de 24 anos e seu namorado Josh Moran, de 26, haviam comprado passagens com destino a Dubai. Tudo estava correndo como planejado até que algo que o casal não esperava aconteceu.

Quando os passageiros entraram no avião, eles começaram a conversar e Beth disse a Josh que estava sentindo muitas dores abdominais devido ao seu período menstrual. Nesse momento, uma aeromoça que passava pelo casal os abordou e disse que eles não poderiam voar ao seu destino por causa do problema da jovem.

Publicidade

Beth foi interrogada pela aeromoça, que disse que ela não estava em condições de viajar por sete horas. Nesses casos, geralmente um médico de plantão deveria avaliar os passageiros, porém no dia em questão não havia profissional dessa área.

Publicidade

Beth e o namorado tiveram de desembarcar e desembolsar uma quantia de 520 dólares cada um para remarcar o voo, já que a companhia aérea não tomou responsabilidade com o problema do casal. Após todo o estresse, a mulher foi avaliada por um médico e só então conseguiu viajar de avião para Dubai. 

Publicidade

Beth ficou totalmente indignada com a situação e falou sobre isso em seus redes sociais: “Eles não fizeram nada para me avaliar, eles simplesmente alegaram que não havia médico disponível na época e que ele não podia embarcar no avião até que um médico o indicasse“, disse.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn