in

Caso Daniel: reviravolta pode dar terrível castigo a Cristiana Brittes

G1/Montagem

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) entrou na Justiça contra uma decisão da primeira Vara de São José dos Pinhais, em Curitiba. O órgão quer agora que Cristiana Brittes vá ao chamado júri popular. Para a entidade, Cristiana Brittes cometeu homicídio qualificado. O marido dela, Edison Brittes, confessou que tirou a vida do jogador Daniel Correa Freitas.. O atleta estava em uma festa na casa da família Brittes, quando foi assassinado. 

Publicidade

O pedido do Ministério Público contra Cristiana Brittes foi realizado nesta quinta-feira, 12 de março, como mostra o portal de notícia G1. O atleta, que já havia passado por times como o São Paulo, foi morto em 2018. Na época, Edison contou que encontrou Daniel na cama com Cristiana Brittes e o acusou de suposto abuso.

Imagens no celular do jogador mostravam ele fazendo selfies, enquanto aparece deitado ao lado de Cristiana Brittes. A defesa de Cristiana Brittes se pronunciou sobre o caso e afirmou que “recebe com naturalidade o recurso do MP e está tranquila quanto à robusta produção de prova que levou a justiça a impronunciar Cristiana da injusta acusação de homicídio”.

Publicidade

Nas redes sociais, muita gente comenta a decisão do Ministério Público em procurar uma resposta envolvendo Cristiana Brittes. Edison aguarda preso o seu julgamento, enquanto Cristiana Brittes está em liberdade. A Justiça garantiu que a esposa do empresário poderia responder ao crime que é acusada sem estar presa. 

Publicidade

A família do jogador que foi morto também espera justiça e, frequentemente, fala sobre os rumos do caso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.