in

Saiba qual o maior medo de Ronaldinho em cadeia no Paraguai

Getty Images / G1

Ronaldinho está acostumado a morar em mansões e ficar em hotéis cinco estrela quando viaja. No momento, o ex-jogador do Grêmio, Flamengo, Barcelona, Atlético-MG e seleção brasileira vive um momento totalmente diferente em sua vida.
Ronaldinho e seu irmão, Roberto Assis, estão presos em Assunção, no Paraguai, depois de serem pegos com cédulas de identidade e passaporte falsos. O Ministério Público do Paraguai investiga o caso e o ex-jogador pode se complicar. 

Publicidade

Há suspeitas, ainda em investigação, de que haja um grupo de lavagem de dinheiro por trás da documentação falsa. Os advogados de Ronaldinho e Assis tentam levá-los para a prisão domiciliar. O primeiro pedido foi negado pela Justiça do país no começo desta semana.

Preso em uma cadeia de Assunção, Ronaldinho tem uma reclamação recorrente: a existência de muitos mosquitos na Agrupação Especializada da Polícia Nacional do Paraguai. Há um medo por trás dessa reclamação: o medo de Ronaldinho e Assis contraírem dengue.

Publicidade

O Paraguai sofre com a epidemia de dengue há algum tempo. De acordo com o Ministério da Saúde do país, casos de dengue são registrados sem interrupção desde 2009. Os advogados dos irmãos tratam a situação como agravante para que a Justiça conceda a prisão domiciliar a eles.

Publicidade

Na última vez que tentaram, a Justiça negou o pedido e manteve os dois presos. O medo do magistrado que barrou a prisão domiciliar era que Ronaldinho e Assis fugissem para o Brasil. Pela legislação brasileira, o país não extradita seus cidadãos para outros países.  

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!