in

André irrita diretoria do Grêmio e toma decisões polêmicas ao não ser escalado

Divulgação Grêmio

O Grêmio não sabe o que fazer com o atacante. O jogador perdeu espaço na equipe comandada por Renato Portaluppi e seu futuro dentro do Tricolor é praticamente impossível. O centroavante ficou da lista de inscritos da Copa Libertadores da América.

Publicidade

Isso já era esperado. O problema é que André ficou fora também da lista de inscritos no Campeonato Gaúcho. O jogador treina separado do demais jogadores do elenco. Aos 29 anos, tem o futuro indefinido e suas atitudes têm irritado a diretoria do Grêmio.

No ano passado, André teve chances no time titular, mas não aproveitou. O jogador terminou o ano sendo muita criticado pelos torcedores e com chances mínimas de permanecer. Acabou ficando, mas não tem jogado.

Publicidade

Há um impasse nos bastidores do Grêmio. André está encostado, não interessa a Renato Portaluppi, mas também não tem aceitado as propostas que chegam. As informações é que houve sondagens pelo jogador, mas ele rejeitou propostas para deixar o clube.

Publicidade

Para se livrar de André, o Grêmio já admite emprestá-lo e pagar 50% do salário. O centroavante tem contrato com o clube tricolor até o fim de 2021. O jogador chegou ao Grêmio em 2018, em negócio com o Sport, e custou R$ 10 milhões. Em 74 partidas, ele marcou apenas 11 gols e nunca empolgou a torcida.

Publicidade

Nos próximos dias deve haver alguma definição sobre o futuro do jogador. O Grêmio busca times interessados em contar com André. O problema é que o destino, além de agradar ao Tricolor, precisa agradar também ao staff do jogador. Sem isso, nada fechado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!