in

Jovem é internado e quase perde dedo por usar celular com a tela quebrada

O hábito é muito comum hoje, já que muitos optam por não trocar a tela com defeito.

Mirror

O uso do aparelho celular atualmente é bastante comum, principalmente entre jovens e adolescentes. É difícil sair na rua hoje e não encontrar alguém que esteja usando o Smartphone, seja para mensagens, pesquisas ou ligações.

Publicidade

Muhammad Azuan Iqbal Abdullah Sani é um dos jovens que passam muito tempo usando o celular. Mas há pouco tempo ele teve um grave problema na mão por causa disso, já que tinha um costume bastante perigoso e comum entre muitas pessoas.

O jovem, que mora em Sha Alam, na Malásia, teve a tela de seu aparelho celular quebrada, mas mesmo assim continuou usando sem trocar o item. Alguns meses depois, Muhammad começou a sentir inchaço e manchas escurar no dedo. Ele foi para o hospital e o médico prescreveu antibióticos e analgésicos.

Publicidade

Porém, com o passar do tempo, a aparência do dedo do jovem só piorava. Preocupado, ele foi novamente à unidade de saúde local para saber o que de fato estava acontecendo com seu dedo. Foi então que os médicos avaliaram o caso e descobriram que haviam vestígios de vidro no membro de Muhammad.

Publicidade

Os pedaços de vidro da tela do celular haviam entrado no dedo do rapaz, de 23 anos de idade e estavam causando todo o transtorno, fazendo com que ele quase tivesse que amputar o membro. Felizmente, a amputação não foi necessária e o rapaz precisou apenas remover a parte necrosada.

Publicidade

O caso de Muhammad deve servir de alerta para outras pessoas. A tela ou película protetora dos aparelhos celular devem ser trocadas caso sejam quebradas para evitar o risco de amputação ou problemas ainda piores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.