in

Advogada se propõe a trabalhar de graça para Suzy, mesmo sabendo do crime: ‘Ela já foi julgada’

Instagram Bruna de Castro / TV Globo

A mulher transsexual Suzy, que tem nome de batismo Rafael Tadeu de Oliveira Santos, está sendo muito julgada após aparecer no Fantástico, da TV Globo, em reportagem conduzida por Dráuzio Varella, e ter, posteriormente, o seu passado revelado.

Publicidade

Suzy confessou que realmente cometeu um bárbaro crime de abuso, homicídio e ocultação de cadáver contra uma criança de 9 anos, em 2010. A trans foi condenada a mais de 30 anos de prisão e já teria cumprido quase um terço da pena.

A repercussão da matéria com Suzy fez ela ganhar muitos presentes e cartas. Além de uma doação, por meio de uma ‘vaquinha virtual’. Toda esta comoção também angariou que a advogada Bruna Paz de Castro se propusesse a trabalhar gratuitamente para a detenta.

Publicidade

Após o passado de Suzy ser exposto na mídia, parte do público demonstrou total repulsa e arrependimento por ter se solidarizado com a trans. Entretanto, a advogada Bruna não mudou sua opinião, e optou por continuar ajudando a detenta.

Publicidade

A, então, advogada de Suzy se manifestou e revelou que esteve com a detenta no dia 9 de março. “A mesma não teve qualquer problema em relatar o artigo do crime dela, em me dizer seu nome de batismo, até mesmo porque a Suzy já está em cumprimento de pena imposta numa sentença“, disse Bruna de Castro.

Publicidade

Defendendo sua cliente após a repercussão negativa da história, a advogada disse: “Deixo claro que não compete nenhum tipo de julgamento perante o crime dela (Suzy). O julgamento já aconteceu em 2013. Ela já foi julgada em um Juri Popular“.

Bruna revelou que agora seu objetivo é buscar os direitos da Suzy, como ela tentar reduzir sua longa pena com trabalhos dentro do presídio. A detenta já trabalha em uma fábrica.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com