in

Lembra do caso Pedrinho? 34 anos após ‘sequestro do berço’, veja como ele está hoje

O GLOBO

Pedro Junior Pinto é o nome do eterno “menino Pedrinho”. O caso dele foi um dos mais abordados pela mídia durante décadas. Isso porque o então adolescente descobriu apenas aos 16 anos que sua então mãe não era a biológica. Pedrinho descobriu que tinha uma vida de mentiras e que havia sido sequestrado ainda no berço. Só quase na fase adulta ele descobriu sua verdadeira família e esse encontro foi emocionante. 

Publicidade

Pedrinho foi sequestrado na maternidade do Hospital Santa Lúcia, no Distrito Federal. Apenas em 2002, ele reencontrou Jayro Tapajós e Maria Auxiliadora Braule Pinto, seus pais biológicos. Pedro, até então, chamava-se Osvaldo. Ele foi registrado pela falsa mãe, Vilma Martins Costa. De acordo com matérias da imprensa, mesmo após reencontrar a família biológica, o novamente Pedro,  as vezes, visita a mãe que o criou.

O caso Pedrinho era coberto pela mídia desde o sequestro dele, ocorrido horas após o parto, em 1986. Naquela época, os pais verdadeiros já procuravam Pedrinho. Na época, após o reencontro do filho com a família verdadeira, a mídia ainda colocou Vilma e Maria auxiliadora frente a frente. Na foto abaixo, Pedrinho aparece ao lado da mulher que o sequestrou.

Publicidade

Já na foto abaixo, Pedrinho aparece com seus pais biológicos. Esse reencontro emocionou muita gente. 

Publicidade

Hoje Pedrinho tem 34 anos de idade, é pai, casado e advogado. Em 2017, ele chegou a trabalhar na defesa de Aécio Neves.

Publicidade


“Já faz muito tempo, comecei como estagiário do escritório, mas todos sabem, sim, da história. Nas ruas, as pessoas me reconheciam mais, hoje é pouco, já faz muito tempo”, chegou a comentar o hoje então advogado. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.