in

Lembra da trans abraçada na TV? O que aconteceu com ela é de cortar o coração

TV Globo

No domingo passado, 1 de março, o Fantástico exibiu uma longa reportagem sobre como vivem as trans nas cadeias brasileiras. O médico Dráuzio Varella, conhecido pelo livro Carandiru, esteve em várias prisões de todo o país e mostrou um lado mais humano das transexuais, que vão para a cadeia e precisam dividir espaço com outros homens. 

Publicidade

Uma das trans retratada é Susy Oliveira, que foi questionada por Dráuzio sobre há quanto tempo ela não recebia uma visita na cadeia. Com a transferência do marido para outra prisão, Susy disse que não tinha ninguém a procura dela há 8 anos. O médico, comovido com a situação da entrevistada, respondeu que aquilo era muito triste e que era solidão demais. 

Na sequência, o dono do quadro de saúde do Fantástico deu um abraço em Susy Oliveira. O momento viralizou na internet e acabou repercutindo em todo o país. 

Publicidade

Mas o que aconteceu com Susy na semana em que a reportagem foi ao ar? Até o momento, a penitenciária que abriga a presa diz que ela recebeu 16 livros e duas Bíblias. Além disso, pessoas tocadas com a história de Susy levaram até ao local maquiagem e chocolate, A prisão ainda revela que algumas pessoas tentaram se aproximar da trans.

Publicidade

Ao todo, foram 34 cartas, sendo que alguns envelopes traziam vários textos. Boa parte deles, segundo informações do jornal Extra, seriam de grupos religiosos. Essas cartas tiveram efeito após campanhas feitas na internet. Uma delas se chamava “Cartas para Susy”. Outras presas também têm recebido o carinho, desde que a matéria foi ao ar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.