in

Novo processo da mãe dos filhos do Gugu vem à tona e é ainda mais surpreendente

A Gazeta

Rose Miriam, na virada de 2019 para 2020, virou uma figura conhecida em todo o Brasil. Conhecida como a mãe dos filhos de Gugu Liberato, ela não foi citada no testamento do apresentador da Record TV. Desde então, ela luta na justiça para provar que era a verdadeira esposa de Gugu Liberato. Rose Miriam, no entanto, já teve duas derrotas na justiça.

Publicidade

Nesta quinta-feira, 5 de março, o jornal Folha de São Paulo divulgou por meio de seu site um novo processo na justiça movido pelos advogados de Rose Miriam. Dessa vez, o motivo alegado é ainda mais surpreendente. Isso porque Rose diz que não tem recebido as “mensalidades” da família do apresentador.

Ela necessitaria receber 10 mil dólares todos os meses, que faria parte do inventário do apresentador. No entanto, mais de três meses após a morte de Gugu, Rose ainda não teria recebido a quantia. Hoje 10 mil dólares equivalem a cerca de R$ 46 mil. A inventariante dos bens de Gugu é Aparecida Liberato, irmã de Gugu. Toda a fortuna do famoso é calculada em cerca de R$ 1 bilhão.

Publicidade

Nelson Willians, advogado de Rose, diz que a primeira parcela de 10 mil dólares deveria ter sido paga no mês 10 do mês passado e que a segunda parcela, que vence agora dia 10 de março, já está próxima do vencimento.

Publicidade

Vale lembrar que a justiça reduziu o valor da pensão que Rose receberia da família do comunicador. Inicialmente, essa seria de R$ 100 mil ao mês. Com a redução para 10 mil dólares, Rose hoje tem direito a menos da metade do valor anterior e chegou a dizer que passava por dificuldades.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.