in

Flamengo dá seu primeiro passo rumo ao tricampeonato da Libertadores

Uol Esportes

Após um jogo bastante disputado, o Flamengo volta para o Rio de Janeiro com os 3 pontos da vitória sobre o Júnior de Barranquila, da Colômbia.

Publicidade

Não foi a exibição que os torcedores rubronegros estão acostumados a ver. Talvez pelo nervosismo da estreia na Copa, talvez pela pressão da torcida exercida dentro do estádio. Mas apesar de tudo isso, foi um resultado importantíssimo para as aspirações do Flamengo na Libertadores deste ano.

O Flamengo agora está em segundo lugar do seu grupo, atrás do Independiente del Valle, que tem saldo de 3 gols, enquanto o time carioca tem saldo de apenas 1.

Publicidade

É apenas o início e acredita-se que pode se esperar uma melhora significativa do time e, com certeza, os torcedores rubro-negros estão bastante otimistas para mais uma conquista, principalmente pelo retrospecto extremamente positivo do time neste ano de 2020.

Publicidade

Foi um jogo muito tenso e bastante disputado. Mas o Flamengo sobressaiu e fez 2 a 1 no Junior de Barranquila, na Colômbia.

Publicidade

O jogo

Logo aos 6 minutos de jogo, uma jogada de De Arrascaeta pelo lado esquerdo do campo, deixa Everton Ribeiro livre para marcar o primeiro para o time rubro negro.

Durante todo o primeiro tempo, foi um jogo muito tenso, com cartões amarelos para os dois lados e com o árbitro Alexis Herrera com bastante dificuldade para controlar o jogo.

Aos 44 minutos da etapa inicial, Gerson sai jogando errado, perde a bola, Borja divide com a zaga e ela sobra para Teo Gutiérrez. O atacante tem tempo para dominar e finalizar, mas pega mal na bola e ela vai fraca nas mãos de Diego Alves.

No segundo tempo o jogo continuou bastante brigado dentro de campo, com as duas equipes cometendo faltas mas também querendo jogar.

Logo aos 7 minutos da etapa final, Gabigol quase marca um golaço. Recebeu a bola em velocidade, corta a marcação de dois zagueiros e finaliza com a perna esquerda. A bola explode na marcação e vai a escanteio.

Aos 13, foi a fez de Diego Alves fazer uma excelente defesa em um lindo voleio de Téo Gutierrez.

Aos 33, Gabigol faz uma lançamento para Michael na direita, que cruza para Everton Ribeiro que, livre de marcação, faz o segundo gol.

E ao apagar das luzes, o atacante do Júnior de Barranquila, Téo Gutierrez, marca o primeiro e único gol da equipe colombiana, terminando o jogo logo na sequência.

Ficha Técnica

Junior Barranquila 1 x 2 Flamengo
Local: Estádio Roberto Meléndez, em Barranquilla (Colômbia)
Data: 04 de março de 2020 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego (VEN) e Tulio Moreno (VEN)

Cartões amarelos: Borja (JUN), João Lucas, Filipe Luís, Gabigol, Diego Alves (FLA)

Junior Barranquila: Sebastián Viera, Marlon Piedrahita (Fabián Viáfara), Germán Mera, Dany Rosero, Gabriel Fuentes; James Sánchez, Didier Moreno, Freddy Hinestroza (Sherman Cárdenas), Edwuin Cetré (Carmelo Valencia); Miguel Borja e Teófilo Gutiérrez

Técnico: Julio Comesaña

Flamengo: Diego Alves; João Lucas, Léo Pereira, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Thiago Maia e Gerson; Everton Ribeiro e De Arrascaeta (Michael); Vitinho (Pedro) e Gabigol.

Técnico: Jorge Jesus

Agora, o Flamengo volta suas atenções ao clássico com o Botafogo neste sábado, dia 7, no Maracanã. O jogo será válido pelo campeonato carioca. Espera-se casa cheia e também a estreia do jogador japonês Honda, pelo alvinegro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Flávio M.

Empreendedor, apaixonado por tecnologia, inovação e esportes.