in

Jornalista do SBT é afastado com sintomas do coronavírus e causa preocupação

Reprodução/SBT

Um funcionário do jornalismo do SBT, na cidade de Osasco, que fica na região metropolitana de São Paulo, teve que ser afastado do trabalho devido a suspeita de infecção pelo coronavírus, nessa semana. O mesmo, que não teve o seu nome divulgado, viajou recentemente para Miami, nos Estados Unidos, e está com alguns sintomas da doença, como tosse e febre alta.

Publicidade

A emissora confirmou o caso, e disse que todos os funcionários da empresa estão alertados. O paciente foi atendido no hospital Albert Einstein e já foi liberado. Até então, ele está isolado na sua residência enquanto espera o resultado dos testes, que foram enviados para o Instituto Adolfo Lutz, que irão comprovar se o homem contraiu ou não o vírus.

José Occhiuso, diretor do departamento de Jornalismo, enviou um e-mail para a Redação do SBT pedindo para que todos os funcionários procurassem um médico em caso de suspeita.

Publicidade

No comunicado, o executivo disse que as pessoas devem ficar atentas a sinais como febre, tosse e dificuldade para respirar. Se caso apresentar esses sintomas, é preciso procurar um hospital e dizer que teve contato com um paciente suspeito de ter contraído a doença.

Publicidade

Somente no estado de São Paulo, o SBT tem mais de 200 funcionários para fazer os jornais Primeiro Impacto e SBT Brasil, incluindo, âncoras, repórteres, editores, produtores e operadores de áudio e vídeo. Além do mais, os funcionários do programa Fofocalizando utilizam o mesmo espaço da Redação e estúdio que o departamento de Jornalismo da emissora de Silvio Santos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade