in

Após suposto assédio, Datena sofre nova grande acusação de funcionários

Reprodução/TV Band

Um dos maiores nomes do jornalismo policial do Brasil, José Luiz Datena está envolvido em uma nova polêmica. Depois de ter sido acusado de assédio pela ex-repórter Bruna Drews, o jornalista de 62 anos estaria sendo acusado pelos funcionários da produção do ‘Brasil Urgente’, seu programa na Band, de maus tratos.

Publicidade

De acordo com a mídia especializada em televisão, o apresentador, natural de Ribeirão Preto, estaria vivendo um momento muito agressivo com os colegas de emissora, já que a equipe estaria sendo tratada à base de gritos e berros do âncora.

Se a informação de bastidor dá conta de que ele está mal tratando funcionários, o que se vê na frente das câmeras surpreendeu espectadores e houve até quem falasse sobre falta de empatia de Datena com os repórteres. 

Publicidade

O caso está sendo tratado pela mídia como assédio moral, uma vez que gritos, xingamentos, humilhação e constrangimento são práticas de chefes ou pessoas numa posição superior que destratam os trabalhadores.

Publicidade

Caso de assédio com Bruna Drews

Em janeiro de 2019, Datena foi acusado pela repórter Bruna Drews de ter cometido assédio sexual. Em denúncia ao MP, ela revelou ter ouvido do apresentador algumas insinuações preconceituosas em relação à sua sexualidade, além de comentários maliciosos vindos do contratado da Band.

Publicidade

Em outubro do mesmo ano, ela voltou atrás, inocentando o veterano da acusação. Ela publicou em rede social que era “melhor ser feliz do que ter razão”.

Pouco tempo depois, ela voltou novamente atrás, afirmando não ter mentido, mas ter sido induzida e mal orientada a assinar um documento que não condizia com a realidade dos fatos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.