in

Crime ABC completa 1 mês e suspeita de ter matado pai, mãe e irmão sofre duro castigo

Arquivo pessoal Flaviana Gonçalves

A morte cruel do casal de empresários Romuyuki, de 43 anos, e Flaviana Gonçalvez, de 40, e do filho caçula, Juan Victor, de 15, completou um mês nesta sexta-feira (28). O assassinato que chocou o ABC e todo o Brasil continua despertando bastante atenção. 

Publicidade

Anaflávia, de 24 anos, filha do casal e irmã de Juan Victor, foi presa por envolvimento no crime. A companheira dela, Carina Ramos, de 31 anos, também está atrás das grades. As duas confessaram envolvimento no crime, mas negam que tenham participado diretamente dos assassinatos.

Os três foram mortos e tiveram os corpos carbonizados. Além de Anaflávia e Carina, também estão presos Juliano de Oliveira Ramos Júnior, primo de Carina, Jonathan Fagundes, irmão de Julianom e o vizinho deles, Guilherme Ramos da Silva. Os cinco devem ser indiciados pela polícia por homicídio qualificado.

Publicidade

Mas este não é o único castigo que eles vão receber. Nesta sexta-feira, a Justiça prorrogou a prisão de todos os envolvidos. Anaflávia e Carina estão presas na carceragem do 7º Distrito Policial de São Bernardo do Campo. Guilherme está preso no Centro de Detenção Provisória de Pinheiros, na capital paulista. Ele responde por flagrante de reptação. Jonathan e Juliano estão presos em São Caetano do Sul, também no ABC.

Publicidade

Anaflávia teria sido a autora do plano para roubar os pais. Juliano a acusa de ter dado a ordem para que os pais e o irmão fossem mortos. Carina é o elo entre os membros do grupo. Ela morava com Anaflávia e convidou os primos para cometer o crime. A situação dos envolvidos é delicada e a sociedade clama por justiça.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!