in

Caso Daniel: Cristiana e Allana fazem pedido à Justiça e o que é está revoltando muitas pessoas

Paraná Portal

Um dos casos criminais de maior repercussão no Brasil é o ‘Caso Daniel’. O jogador foi morto por Edison Brittes, quando estava em uma festa da família. Além de Edson, a esposa e a filha do empresário, Cristiana e Allana Brittes, também são rés no Caso Daniel. Edson confessou o crime e está preso em uma penitenciária de Curitiba, na capital do estado do Paraná. 

Publicidade

No entanto, nesta semana, Cristina e Allana fizeram um pedido polêmico à justiça, como mostra uma matéria publicada pelo site Portal Paraná nesta sexta-feira, 28 de fevereiro. Elas querem visitar o empresário na cadeia. O pedido, no entanto, gerou várias críticas na internet. Isso porque muitos internautas acreditam que uma visita delas poderia atrapalhar o  caso, que ainda será julgado. 

Edison Brittes está preso desde novembro de 2018, mas de modo preventivo. Em cerca de um ano e meio de detenção, o empresário, a mulher e a filha só puderam se ver de maneira sincrônica, ou seja, ao mesmo tempo, quando interrogatórios sobre o caso foram realizados. Diferente de Edison, que confessou o assassinato do jogador, a mulher a filha dele conseguiram da justiça que fossem julgadas pelo crime em liberdade. 

Publicidade

O pedido da filha e da esposa de Edson acontece em um momento decisivo para o caso. Isso porque a justiça está prestes a dar uma decisão: se o caso vai ou não para o chamado júri popular. A defesa de Edison argumenta que ele matou o jogador por acreditar que o mesmo estava abusado da sua esposa. 

Publicidade

A favor dessa tese existem imagens de celular feitas pelo  próprio Daniel, em que ele aparece deitado na cama com a esposa de Edson. Contra a tese, está a forma bárbara como Daniel foi morto. O seu órgão genital, por exemplo, foi achado longe do corpo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.