in

Primeira vacina contra coronavírus é criada e pode ser a solução para a epidemia

G1

No final do ano passado, a China começou a ser cenário de uma terrível catástrofe epidemiológica. Isso porque, uma nova versão do coronavírus, que passou a ser chamada de Covid-19, começou a aparecer e fazer diversas vítimas pelo país, provocante um caos total.

Publicidade

Desde que o vírus começou a ser transmitido, a China passou a criar postos de quarentena para pacientes infectados e construiu um hospital em dez dias para alocar cerca de mil pessoas. Até agora, o país já registrou mais de 77 mil casos de coronavírus no país, além das mortes por causa da doença, que ainda é bastante silenciosa.

A doença, que tem se espalhado rapidamente, chegou a países como Coreia do Sul, Japão, Tailândia, Malásia, Canadá, Bélgica, Croácia, Camboja, Austrália e Vietnã. Nesta semana, um caso foi confirmado no Brasil, causando enorme preocupação.

Publicidade

Em meio a todo esse caos, uma empresa farmacêutica acaba de dar uma boa notícia. Na última segunda-feira (24/02), a corporação Moderna, de biotecnologia, disse que conseguiu criar a primeira vacina contra o coronavírus.

Publicidade

Os testes deverão começar em breve, iniciando com poucos voluntários. A vacina, que foi nomeada de mRNA-1273, foi desenvolvida em 42 dias e o experimento para testar sua eficácia pode ser feito em abril deste ano. 

Publicidade

Recentemente, a China, de onde se originou o coronavírus, revelou que também tem uma vacina para ser testada. De acordo com a Moderna, os primeiros frascos da substância deverá ser utilizada em testes nos Estados Unidos, com 25 voluntários saudáveis.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn