in

‘Descobri que sou adotada e tentei me matar’

imagem: iStock

A novela das nove conta a história polêmica de Thelma (Adriana Esteves) e de seu filho, Danilo (Chay Suede). Nos próximos capítulos, o personagem descobrirá que foi adotado. Acredita-se que ele possa ser Domêmico, o filho perdido de Lurdes (Regina Casé).

Publicidade

Renata (nome fictício) também descobriu tardiamente que era adotada. A revelação veio à tona quando ela tinha 17 anos de idade. A história foi contada nesta terça-feira, 25 de fevereiro, pelo portal de notícias UOL. Já sofrendo de um quadro depressivo, a jovem tentava manter a rotina normal. Ia a escola, mas sentia que algo estava errado em sua família, incompleto. Ela só não sabia bem o que seria isso. 

A mãe a levava em uma psicóloga, mas um dia o celular dela quebrou e, a partir daí, quem fazia a própria marcação das consultas era jovem, no celular da mãe. Foi aí que, ao clicar em uma mensagem que pensou ser para confirmar a consulta, a jovem descobriu que era adotada. A psicóloga estimulava a mãe para contar a verdade para a jovem. 

Publicidade

“Eu não conseguia formular uma frase. Só perguntava ‘por quê?’, ‘por quê?’. Até que reuni forças e contei o que tinha acontecido. Mas logo em seguida me tranquei no banheiro, sentei no chão e chorei de forma desesperada por mais de duas horas”, lembrou a jovem, que chegou a tentar se matar. 

Publicidade

Renata precisou se tratamento psicológico e de remédios. Depois disso, ela conseguiu conversar melhor com os pais e entender o motivo deles. “Eles tiveram medo, preocupação. O processo de adoção não foi legal“, lembrou a jovem, que superou o problema e hoje cursa o ensino superior. 

Publicidade

Previna-se contra o suicídio

No Brasil, uma das instituições que ajuda pessoas com pensamentos depressivos é o Centro de Valorização da Vida (CVV). O contato com o CVV pode ter feito via telefone ou pela web.  Esse contato é gratuito e o atendimento realizado via voluntários. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.