in

Idosa completa 112 anos e dá lição: ‘Não reclamo, toda vida é alegria’

G1

Muita gente imagina que chegar aos 100 anos é algo praticamente impossível. Uma idosa, no entanto, provou que não é só possível, como se pode pensar na vida após os 100. Nessa semana, Margarida Blanco, mais conhecida como Vó Margarida, reuniu a família para uma comemoração inusitada, os seus 112 anos.  

Publicidade

Nascida em fevereiro de 1909, Dona Margarida viu duas guerras, a chegada do homem à lua e as mudanças na tecnologia, passando da chegada do rádio à da internet.  Para comemorar uma data tão importante, ela reuniu a família, que tem filhos, netos e, é claro, tataranetos. Faltou espaço para a celebração, que foi realizada em uma pequena cidade ao Noroeste do Rio Grande do Sul.

Muito religiosa, a avó, colocou um belo vestido e tentou explicar porque vive tanto. Ela disse que não reclama da vida e que ela toda é muito bela. Será esse o segredo para virar um centenário. 

Publicidade

“Eu quero viver uns 300 anos, daí pra mais. Eu não reclamo de nada, toda a vida é alegria”, garantiu a idosa ao falar sobre o assunto. No entanto, tantos anos trazem dores. A idosa viu dois dos seus filhos morrer. O marido também faleceu. A avó centenária perdeu o companheiro há 71 anos. 

Publicidade

No entanto, para comer, não tem perdas, muito menos dieta. “Cabeça de porco assada, aquele toicinho! Eu gosto de comer o fucinho, que é pra eu fuçar mais”, brincou a idosa, que segundo uma das bisnetas também é muito religiosa. No entanto, nas rezas, a idosa não pede nada, mas sim agradece a tudo o que Deus lhe dá. No quesito anos, realmente, ela é bem premiada. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.