in

Caso Madeleine: reviravolta traria novo suspeito; ele é quem menos se esperava

Monet

Um dos casos criminais com maior repercussão na história recente do mundo é o desaparecimento da menina inglesa Madeleine McCann. O mundo, até hoje, tenta entender o que ocorreu com a garotinha que desapareceu em 2007. 13 anos depois, a polícia levanta ainda muitas hipóteses sobre o que poderia ter ocorrido, desde que a menina teria sido adotada por outra família, como também que a garotinha foi assassinada. 

Publicidade

Dessa vez, uma nova possibilidade em torno disso é apontada pelo The Sun. Isso porque o jornal inglês diz que, após um recente documentário sobre o desaparecimento de Madeleine McCann, a polícia britânica  foi muito criticada e pressionada a retomar o caso. Com isso, autoridades teriam ido atrás de uma garçonete que há 13 anos trabalhava em um barzinho próximo ao resort onde a menina desapareceu.  

A garçonete tinha um namorado alemão, que agora é um dos suspeitos em torno do possível desaparecimento ou assassinato da menina. “Eles me perguntaram o que eu lembrava do dia 3 de maio de 2007, dia no qual a menina inglesa desapareceu do quarto do resort no qual estava hospedada com os pais enquanto eles jantavam”, lembrou a garçonete, sobre o caso que mexeu com o mundo. 

Publicidade

“É claro que eu lembro. Eu estava no bar e recebi um telefonema de amigos dizendo que uma garotinha tinha desaparecido. Nós ajudamos nas buscas e passamos a noite inteira procurando por ela”, contou a garçonete, que, no entanto, afirma que não sabe nada sobre a menina. 

Publicidade

Já o alemão investigado hoje vive a 32 km de onde a menina desapareceu.  Ele também disse que nada sabe e que a polícia sabe onde encontrá-lo.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.