in

Bebê nasce com cara de ‘brava’ e foto viraliza: ‘meme pronto’

Divulgação: G1

O fotógrafo profissional Rodrigo Kunstmann está acostumado a capturar o momento exato que uma criança vem ao mundo.
No entanto, uma de suas fotografias nunca havia sido viralizada como a do bebê de Daiane de Jesús Barbosa, do Rio de Janeiro, que na época do nascimento foi capturado com uma expressão de profunda raiva. 

Publicidade

Ela arregalou os olhos, mas não chorou; O médico chegou a dizer: ‘Chora, Isa!’ Ela fez essa expressão séria e só começou a chorar depois que o cordão umbilical foi cortado”, disse o profissional à revista Crescer. 

Foi uma sequência de 15 fotos desde o momento em que o médico realizou o parto até o colo da mãe . Durou menos de cinco segundos”, acrescentou o profissional sobre o momento da imagem.

Publicidade

Além disso, Kunstmann revelou que, devido à rapidez com que o parto foi feito, pela Dra. Cristina Maciokas, ele não podia olhar as fotos e apreciar a imagem imediatamente. “Mas assim que saí da sala de cirurgia, mostrei (a foto) aos membros da família. Todo mundo riu e disse que isso se tornaria um meme”, brincou. 

Publicidade

Eu pensei, que cara você está fazendo? Minha filha nasceu como um meme”, disse a mãe 

Publicidade

Isabela, quando foi batizada, nasceu em 13 de fevereiro e as lentes da câmera de Kunstmann foram uma das primeiras coisas que ela viu. Dois dias depois, o repórter carregou a imagem em sua conta do Facebook, sem esperar pela onda de reações que receberia, dentro e fora do país.

O impacto foi instantâneo e mais de 3 mil pessoas gostaram da publicação, que se expandiu para outras plataformas. 

Dois dias depois, o fotógrafo enviou um post, citando quais seriam as palavras do bebê zangado: “Hoje é meu nascimento e eu nem tenho roupas para esse evento. Isa se tornou viral, tornou-se em um meme!”, acrescentou.

Após o episódio, Isabela não tem mais um rosto melancólico, mas simplesmente enruga a testa quando quer amamentar ou trocar a fralda.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.