in

Huck critica ‘decência’ de Bolsonaro, mas terrível passado é escancarado

Globo / Veja / Montagem

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, protagonizou mais uma das suas polêmicas. Bolsonaro teçeu comentários contra uma jornalista da Folha de São Paulo, sendo acusado de fazer declarações sexistas. Quem fez questão de atacar o presidente foi o apresentador Luciano Huck, considerado pré-candidato às eleições de 2020. 

Publicidade

Em um texto divulgado na internet, Huck ataca a “decência” de Bolsonaro e ainda informa que estaria evitando se pronunciar a respeito de polêmicas políticas nas redes sociais. 

Huck ainda diz que fica triste em meio aos acontecimentos que agora podem atrapalhar o caminho do Brasil, que tenta se recuperar de uma grave crise política e econômica. 

Publicidade

“Tenho evitado comentar declarações públicas de quem quer que seja. Seja por que torço pelo Brasil, seja por que não quero alimentar fofocas e intrigas. Mas as fronteiras da decência foram ultrapassadas hoje. Triste e revoltante ao mesmo tempo”, escreveu o marido de Angélica na internet. 

Publicidade

Luciano Huck foi então questionado nas redes sociais. Alguns internautas lembraram o passado do apresentador, que lançou de Musa do Carnaval à figuras que erem vendáveis apenas pela beleza, como o que ocorreu com Feiticeira e Tiazinha. O caso envolvendo a atriz Regina Duarte, que recebeu palavras duras do ator José Mayer também foi lembrado, como pode ser visto no post abaixo

Publicidade

“Ver a posição do Luciano Huck a respeito da jornalista atacada por Bolsonaro, e ter tapado os olhos para os ataques sofridos pela Regina Duarte, só confirma o que eu disse aqui esses dias atrás. O quão seletivos são os ditos defensores das mulheres nesse país”, disse um internauta. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.