in

Morre Zé do Caixão, aos 83 anos, vítima de terrível doença

Foto: Marcos Alves

Quem não se lembra do Zé do Caixão? O personagem ficou extremamente famoso após interpretar diversos papéis de terror na televisão brasileira. Zé ficou conhecido como o ‘pai do terror nacional’. Hoje, no entanto, é um dia triste para a TV e cinema brasileiro.

Publicidade

José Mojica Marins, que interpretava o personagem icônico, faleceu aos 83 anos. A informação foi confirmada pela filha do artista, Liz Martins, que também é cineasta. Zé estava internado desde o dia 28 de janeiro no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo.

O cineasta foi vítima de uma terrível doença, a broncopneumonia. Seu estado crítico não permitiu melhoras nos últimos dias. A filha de Zé diz que ele sofria com insuficiência renal e que até chegou a ter melhoras.

Publicidade

Em meio a pequenas esperanças, surgiu a broncopneumonia, e Zé não conseguiu resistir, morrendo nesta quarta-feira, às 15h46.

Publicidade

Liz diz que seu maior objetivo, neste momento, é preservar a memória do pai, que foi tão famoso no Brasil. Agora, inicia-se os preparativos para o velório do cineasta.

Publicidade

A filha de Zé afirmou que o velório poderá ser aberto para amigos e fãs, que queiram se despedir do homem que marcou tanto a história do cinema brasileiro.

A trajetória de José Mojica é inspiradora, pois ele começou a fazer cinema com 12 anos, quando teria ganhado uma câmera de seu pai. Aos 17 anos, o futuro Zé do Caixão já tinha montado uma escola de interpretação e posteriormente fundou a Companhia Cinematográfica Atlas. Em 1963, foi criado o personagem que mudaria tanto sua vida, o Zé do Caixão.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com