in

Bolsonaro mexe com quem não devia e pode sofrer processo de impeachment

Brasil 247

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pode sofrer um processo de impeachment, após a repercussão de comentários que fez contra uma jornalista. Bolsonaro é acusado de promover uma agressão de cunho sexual à jornalista Patrícia Campos Mello. A repórter tem investigado a campanha do político, que em 2018 foi acusada de praticar fake news. A Folha já havia repudiado os comentários do presidente da república. 

Publicidade

De acordo com informações da Veja, deputadas e senadoras cogitam se reunir com a possibilidade de solicitar o impeachment de Bolsonaro. O motivo alegado pelas parlamentares seria a chamada quebra de decoro do cargo, quando um político é irresponsável ao falar expressões proibidas e atinge assim todo o país. 

A bancada do Partido dos Trabalhadores nesta terça-feira, 18 de fevereiro, manifestou todo apoio à jornalista da Folha de São Paulo. Uma nota de repúdio, inclusive, teria sido entregue a Rodrigo Maia, presidente da câmara dos deputados. 

Publicidade

Antigo desafeto de Jair Bolsonaro, Maria do Rosário também se pronunciou sobre o assunto. Ela que, no passado, protagonizou a polêmica do “não merecia ser estuprada”, disse que a solicitação do pedido de impeachment de Jair Bolsonaro ainda está em análise, mas que parece mais sólido nesse momento. 

Publicidade

Lembrando que o presidente ainda não chegou ao seu primeiro ano e meio de governo.”Talvez esses ataques ultrapassaram uma barreira agora”, disse a deputada petista em entrevista, que ganhou enorme repercussão na mídia de todo o Brasil. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.