in

Terrível face do programa de Huck é exposta em processo e envolve até morte da vítima

Foto/Reprodução: TV Globo

O apresentador Luciano Huck é um dos granes comunicadores do país e tem seu programa marcado por ajudar pessoas, mas nem todo mundo que é retratado na atração é beneficiado por ela. O professor Ricardo José Rímola, por exemplo, teve o rosto mostrado no quadro ‘X1000’. Em 2013, o programa colocou um ator nas ruas solicitando uma camisa para ir à uma entrevista de emprego. 

Publicidade

Na ocasião, segundo a família do professor, Ricardo teria ido à uma consulta médico e, minutos depois, alertado pela produção do Caldeirão do Huck, preferiu não mostrar o rosto na televisão. Mesmo assim, sem qualquer recurso de edição, o programa exibiu o rosto do professor negando-se a dar a camisa para o ator, que na rua tentava a atenção dos transeuntes. 

O programa exibiu o momento em que o professor negou o uso da camisa dele para o ator e, desde então, Ricardo teria sido alvo de piadas. Ele acabou entrando na justiça ainda em 2013, mas morreu dois anos depois. Nessa semana, quase 7 anos depois que o programa foi ao ar, a justiça decidiu que o professor merecia receber danos morais da Globo.  

Publicidade

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu que a Globo teria que pagar indenização de R$ 30 mil ao professor, mesmo após sua morte. Agora a quantia deve ser revertida aos herdeiros dele. 

Publicidade

Além da quantia, os juros do valor serão acrescidos de 2013 para agora, o que deve elevar razoavelmente a quantia. A Globo, no entanto, mesmo após os 7 anos de que o processo teve início, ainda pode recorrer da decisão. O site Notícias da TV, que publicou o caso, diz que tentou entrar em contato com a emissora, mas não teve qualquer resposta dela. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.