in

Flávio Bolsonaro chama seguidor de ‘Queima Rosca’ e dá o que falar na web

Carta Capital

A morte do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega é um assunto que tem dado muito o que falar no Brasil inteiro. Ele estava foragido da polícia há algum tempo e foi morto no último dia 09 no município de Esplanada, no estado da Bahia. Até o momento, os culpados pelo assassinato não foram identificados pelas autoridades, que continuam investigando o caso.

Publicidade

Capitão Adriano, como era conhecido por muitos, era ex-policial do Bope e um dos suspeitos no caso de assassinato na vereadora Marielle Franco, que morreu em março de 2018 após ser abordada por criminosos no Rio de Janeiro e receber diversos tiros ao lado de seu motorista, que também faleceu no episódio.

Publicidade

No ano de 2003, Adriano recebeu uma condecoração, uma moção de louvor pela dedicação, brilhantismo e galhardia pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Na época, Flávio Bolsonaro, filho do atual presidente do Brasil, estava exercendo seu primeiro mandato.

Agora, um internauta do Twitter acabou sendo alvo de um comentário polêmico de Flávio ao fazer um questionamento a respeito de queima de arquivo. Na rede social, o internauta perguntou: “Qual a melhor arma para queimar um arquivo, Flavinho?”, fazendo referência ao caso do miliciano morto.

Foi então que Flávio, que é sempre bastante ativo em suas redes sociais, não perdeu a oportunidade de escrever uma resposta bastante polêmica ao internauta: “Não sei, mas pra queimar a rosca você sabe!”. Rapidamente, a resposta de Flávio se tornou um assunto bastante comentado nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn