in

Viva o amor! Conheça as atrizes da Globo que assumiram a homossexualidade e namoro ao público

Reprodução Rede Globo / Fotomontagem: Ghean Fernandes

Se no passado, assumir ser lésbica poderia atrapalhar a vida profissional de algumas atrizes da Rede Globo, hoje em dia a coisa anda bem diferente na emissora. Mulheres consagradas e com trabalhos marcantes em novelas assumiram suas relações homoafetivas e serviram de exemplos para a quebra de preconceito que muita gente ainda carrega em torno da homossexualidade.

Publicidade

Atrizes, que atualmente estão no ar em novelas da Globo, já falaram abertamente sobre o namoro com outras mulheres e deixaram em evidência o amor, independente da sexualidade de cada um. Vitória Strada, por exemplo, é uma das famosas que assumiram a homossexualidade, e atua na novela Salve-se Quem Puder, da emissora.

Em 2019, Vitória assumiu o namoro com Marcela Rica e não faz questão de esconder a relação com a namorada. A atriz da novela das sete vira e mexe é clicada ao lado da amada em clima de romance. Declarações de amor também são trocadas entre as duas em posts nas redes sociais.

Publicidade

Outra atriz que assumiu a homossexualidade e o namoro é Letícia Lima. Em 2017, a famosa que está no ar na novela Amor de Mãe revelou o relacionamento com a cantora Ana Carolina. Após dois anos de namoro, o relacionamento acabou desandando e as artistas colocaram um ponto final no romance.

Publicidade

Nanda Costa, outra atriz de Amor de Mãe, também tornou público seu relacionamento homoafetivo e posou com a namorada para fotos divulgadas nas redes sociais. A famosa abriu o relacionamento com Lan Lanh em 2018, e desde então as duas permanecem juntinhas.

Publicidade

Camila Pitanga é mais uma global que assumiu o namoro com outra mulher. No final do ano passado, a atriz falou abertamente sobre o romance com Beatriz Coelho, e desde então não faz questão de esconder os momentos apaixonados junto da amada.

Referências em seus trabalhos como atrizes, essa mulheres também se tornaram exemplos de que o amor pode dar certo, independente da sexualidade e julgamentos dos outros. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade