in

Jovem que matou os pais no ABC sofre duro castigo e pode passar o resto da vida presa

G1

Anaflávia Martins Meneses Gonçalves está presa no momento. Ela deve ser inidicada por homicídio doloso na morte dos pais, os empresários Romuyuli e Flaviana Gonçalves, e o irmão adolescente, Juan Victor.

Publicidade

Os três foram mortos e tiveram os corpos carbonizados. A família assassinada de forma cruel morava em um condomínio fechado em Santo André, no ABC Paulista. Os três foram torturados e mortos, de acordo com a investigação do caso.

A casa onde moravam foi invadida. Anaflávia e sua namorada, Carina Ramos de Abreu, foram as responsáveis por planejar o crime. Outras três pessoas foram chamadas para participar do que seria, a princípio, um assalto. A ideia era pegar o dinheiro que estava no cofre dos pais de Anaflávia.

Publicidade

Presas, Anaflávia e Carina confessaram o assalto, mas negaram o homicídio. Nesta terça-feira (11), a Polícia Civil indiciou por homicídio doloso os cinco envolvidos no crime.
Além de Anaflávia e Carina, Juliano, Jonathan Fagundes Ramos e Guilherme Ramos da Silva também foram indiciados. Apesar do indiciamento, a polícia ainda não concluiu o inquérito. 

Publicidade

As penas para homícidio triplamente qualificados são altas e podem chegar a até 40 anos, de acordo com a nove legislação, válida há poucos dias, depois que foi sancionada a lei anticrime do ministro Sergio Moro.

Publicidade

Anaflávia, Karina e companhia podem passar o resto de suas vidas atrás das grades. O clamor popular é para que isso aconteça. O crime do casal e do filho no ABC repercutiram em todo o país e tem causado clamor nacional por justiça.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!