in

Em alta no exterior, meio-campista deve ser repatriado pelo Corinthians

Reprodução / Timão Web

Em busca de títulos importantes nesta temporada, o Corinthians agiu forte no mercado da bola e deixou o elenco qualificado ao realizar diversas contratações. Sendo assim, é esperado que o técnico Tiago Nunes realize um bom trabalho no decorrer do ano.

Publicidade

No momento, a diretoria do Timão diz que já tem o elenco fechado e não realizará novas contratações. Além disso, o clube não deve se desfazer dos seus atuais jogadores, pois a janela de transferência do futebol europeu está fechada, impossibilitando as negociações.

Com o elenco definido para esta temporada, o Corinthians deve contar com um velho conhecido reforço para o próximo ano. De acordo com as informações da ESPN, a LDU, do Equador, não pretende continuar com o meio-campista Junior Sornoza, que está lá por empréstimo.

Publicidade

Para continuar com o meia em definitivo, a equipe equatoriana teria que desembolsar cerca de R$ 22 milhões. Portanto, o presidente do clube revelou que não planeja pagar esse valor ao Timão. Caso isso realmente aconteça, a diretoria corintiana deve repatriar o atleta.

Publicidade

Sornoza chegou ao Corinthians na temporada passada após se destacar com a camisa do Fluminense. O meia ganhou diversas oportunidades entre os titulares, mas não apresentou um bom futebol, o que gerou muitas críticas por parte da torcida alvinegra.

Publicidade

Sem muita confiança no clube, o melhor caminho encontrado foi acertar o empréstimo do jogador, que viu a LDU como o destino ideal. O acerto entre os clubes foi a contratação por empréstimo, com validade de uma temporada, sendo o clube do Equador responsável pelo salário de Sornoza.

O jogador equatoriano tem contrato com o Corinthians até a temporada de 2022, mas no momento, o atleta está sem clima para voltar a atuar pelo clube do Parque São Jorge.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.