in

Mente do mal! Filha presa por matar família seria pior que Richthofen: ‘Não vi uma lágrima’

Veja / Montagem

O caso da família assassinada no ABC Paulista tornou-se um dos mais falados do pais, tanto que nesta sexta-feira, 7 de fevereiro, o programa da Fátima Bernardes falou sobre o tema. O Encontro recebeu o irmão de uma das vítimas, Flávio. Ele é irmão de Flaviana, que ao lado do marido, Romoiuki, e do filho do casal, de apenas 15 anos, foi morta em São Paulo.

Publicidade

A filha e a namorada de Flaviana foram presas acusadas pelo crime. Além delas, outras 4 pessoas também teriam participado do crime, segundo a polícia. Flávio comparou o caso ao crime envolvendo Suzane Von Richthofen, que nesse ano vai estrear nos cinemas como filme. 

Para Flávio, a atitude de Ana Flávia, filha acusada pelo crime, é pior do que a de Suzane Von Richthofen. Ele lembra que Suzane contratou pessoas para matar os pais, mas que na data da morte não ficou na residência para ver o sofrimento da família, diferente de Ana Flávia, que compareceu ao local e viu tudo. 

Publicidade


“É muito doído falar, mas é bem pior que o caso Suzane. A Suzane pagou para fazerem e poupou o irmão. A minha sobrinha participou e não poupou a vida do irmão. Se torna pior que a Suzane”,
disse o irmão da vítima, que ainda disse que ‘não viu nenhuma lágrima” no rosto da sobrinha.

Publicidade

“No depoimento, foi falado que o meu cunhado era homofóbico. Eu consegui derrubar isso por terra, porque ela teve um relacionamento anterior, um casamento, que tem fotos do meu cunhado sendo padrinho dela’, disse o irmão negando que o caso fosse uma vingança da filha com o pai supostamente preconceituoso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.