in

Reviravolta: Flordelis muda versão do assassinato de Anderson e o que diz surpreende polícia

Veja / Montagem

Um dos crimes mais misteriosos dos últimos tempos é o assassinato do pastor Anderson do Carmo. O religioso, que era casado com a deputada federal, pastora e cantora Flordelis foi assassinado com diversos tiros, após chegar com ela na casa onde o casal morava, em Niterói, no Rio de Janeiro. As investigações sobre a morte de Anderson do Carmo parecem não avançar.

Publicidade

Flordelis muda depoimento após meses da morte do marido e causa estranheza

Mesmo após meses, vários ainda são os suspeitos do crime. Uma delas é a deputada Flordelis. Cansada de muito disse-me-disse, a polícia ficou frente-a-frente com Flordelis. A revelação foi feita nesta quarta-feira, 5 de fevereiro, pelo portal de notícias R7. 

Publicidade

À noite, o jornal Extra confirmou que Flordelis mudou o seu depoimento, causando estranheza na polícia. Agora ela diz que um dos filhos, Flávio dos Santos Rodrigues, preso pelo crime, não estaria na cena do assassinato. 

Publicidade

O depoimento de Flordelis foi realizado na 1ª Vara de Precatórias Criminais do Distrito Federal. Anderson do Carmo foi morto em meados no ano passado. O advogado da família de Anderson do Carmo, Angelo Máximo, deu detalhes sobre esse novo depoimento:

Publicidade

“Causou muita estranheza que, sendo mostrado a ela (Flordelis) trechos de depoimentos dela na delegacia, ela disse desconhecer essas afirmações dadas por ela própria”, revelou o advogado. 

No ano passado, um dos filhos de Anderson do Carmo chegou a acusar Flordelis e as irmãs de colocarem remédio na comida do pai com o objetivo de envenená-lo. Flordelis disse que o remédio era controlado e que Anderson sabia do uso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.