in

Polícia é chamada às pressas em nova polêmica do BBB20: crime é grave

Globo / Montagem

O Big Brother Brasil pode sair da página de entretenimento dos sites e ir para a policial de novo. Isso porque agora é o Ministério Público do estado do Rio de Janeiro quem acionou a polícia e com urgência contra o BBB20. As informações são do site Notícias da TV, em matéria publicada no noite desta terça-feira, 4 de fevereiro. 

Publicidade

O MP solicitou à Polícia Civil do Rio de Janeiro que investigue o suposto crime de zoofilia dentro do BBB20. O suposto crime envolveria uma conversa entre Mari e Felipe, que falam sobre relações íntimas entre seres humanos e animais, o que para a nossa legislação é proibido. Em nota enviada ao Notícias da TV, que deu o caso em primeira mão, o Ministério Público falou sobre o pedido de urgência no caso.

“A 19ª Promotoria de Investigação Penal, da 1ª Central de inquéritos no MP-RJ, recebeu hoje [terça] a ouvidoria pertinente ao assunto zoofilia e encaminhou para a 32ª DP para instauração de Inquérito Policial, com a máxima urgência‘, diz a nota assinada pelo órgão estadual do Rio de Janeiro. 

Publicidade

De acordo com Felipe, muitos dos seus funcionários já teriam tido relações com animais. Ele diz que isso é normal para essas pessoas. Na sequência, a ex-panicat pareceu concordar com a situação. Na época da fala, os dois chegaram a serem chamados no confessionário por conta do papo a respeito do tema. 

Publicidade

Vale lembrar que essa é a segunda polêmica que vira caso de polícia no BBB20. O ginasta Petrix está sendo investigado por suposto assédio sexual no  reality show. Ele deve prestar depoimento nesta sexta. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.