in

14 alunos morrem e 39 ficam feridos em escola após tumulto

Daily Nation

Na última segunda-feira (03/02), a notícia de uma terrível tragédia começou a circular através de diversos sites pelo mundo. Após um tumulto, várias crianças foram a óbito no incidente e dezenas de outras pessoas acabaram ficando feridas.

Publicidade

Tudo aconteceu quando os alunos de uma escola de Kakamega, cidade do Oeste do Quênia, começaram a correr de forma desordenada e desesperada para sair do prédio. Devido ao tumulto, muitas crianças acabaram sendo pisoteadas.

Com a correria, 14 alunos que estavam na instituição morreram. Outras 39 crianças se feriram e tiveram que ser levadas imediatamente para uma unidade de saúde, onde estão recebendo o atendimento médico necessário.

Publicidade

Até o momento, as autoridades locais não conseguiram descobrir o que teria provocado o tumulto. O governador, Wycliffe Oparanya, se locomoveu até o hospital onde as crianças encontra-se internadas, mas preferiu não dar entrevista sobre o incidente. As autoridades pediram que houvesse uma investigação completa por parte da Direção de Investigações Criminais. 

Publicidade

William Ruto, que é vice-presidente do Quênia desde 2013, se manifestou sobre a tragédia envolvendo as crianças: “Estamos arrasados ​​pela tragédia … nossas orações, amor e pensamentos às famílias e parentes das vítimas do infortúnio“, disse.

Publicidade

Raila Odinga, líder do Movimento Democrático também falou sobre a o incidente: “Desejo uma rápida recuperação às crianças feridas e rezo para que Deus conceda força às famílias afetadas“, disse. Até o momento, não foram divulgadas hipóteses sobre o que pode ser acontecido na escola.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn