in

Homem ‘comido vivo’ por larvas já chegou a tirar mais de 100 da cabeça

GShow

Evaldo Araújo Chaves, 49 anos, já retirou mais de 100 larvas da cabeça, o pedreiro de Praia Grande, litoral de São Paulo, agora está se recuperando e contando com a esposa para ficar bom o mais rápido possível, sendo que o tratamento está sendo realizado em São Paulo.

Publicidade

Quesia Andrade Alves, 25 anos, enviou algumas imagens ao portal G1 mostrando as larvas retiradas da cabeça do marido e contou que ele precisará ficar internado mais alguns dias e fazer algumas consultas para certificar que tudo está bem.

Somente depois destas consultas é que os médicos saberão se todas as larvas foram retiradas e se a resposta for positiva, ele receberá alta e poderá voltar para casa.

Publicidade

Quesia disse que ficaram alguns buracos na cabeça do marido após a retirada das larvas, mas que estão fechando rapidamente, pois o marido tem feito uso de alguns remédios e pomada.

Publicidade

Um neurocirurgião explicou que casos assim são mais comuns em regiões agropecuárias e que caso como o do pedreiro é raro. Essa larva é transportada por uma mosca que pousa no animal infectado e leva o parasita para o ser humano em seguida.

Publicidade

O homem sentiu fortes dores e procurou o hospital público de sua cidade, mas os ferimentos foram só piorando, então ele foi procurar tratamento em São Paulo, onde sua irmã reside. Os médicos retiraram várias larvas com pinça, mas depois de ir ao hospital fazer novo exame foram detectadas outras.

Como a larva se alimenta do tecido subcutâneo, ao serem retiradas ficam buracos que precisam ser tratados adequadamente, por isso ele tem feito a troca diária de curativos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br