in

Por mau comportamento do ator, Globo não teria renovado contrato com Bruno Gagliasso

UOL

Bruno Gagliasso foi um dos galãs da Globo por mais de 10 anos, mas o ator não teve o contrato renovado com a emissora em novembro. Diferente do que foi divulgado na época, o fim do acordo não aconteceu em “comum acordo”. Foi a Rede Globo quem decidiu não seguir parceria com o ator, embora ele já tivesse 18 anos de casa. O motivo principal foi o “mau comportamento” do mesmo durante a novela O Sétimo Guardião, em 2018.

Publicidade

Segundo algumas fontes de dentro da emissora, a avaliação da equipe interna concluiu que Bruno não abraçou o seu personagem como deveria na última trama do autor Aguinaldo Silva, como era de se esperar de um protagonista. Como se não bastasse, o ator curtiu alguns posts nas redes sociais em que os internautas criticavam a história dos personagens da novela, o que foi considerado uma atitude nada profissional.

Portanto, há rumores de que o “mau comportamento” de Bruno indicava que ele não queria mais trabalhar na emissora e isso estava atrapalhando o seu desempenho na telinha. Como se não bastasse, o seu último trabalho de sucesso foi a série Dupla Identidade, em 2014. Na sequência, fez mais três novelas, Babilônia, Sol Nascente e o Sétimo Guardião, ambas sem sucesso e audiência para os padrões da emissora.

Publicidade

O galã recebia um dos maiores salários da Globo, mas no mês de maio a Globo decidiu que o seu contrato não seria renovado.

Publicidade

Bruno também não se esforçou para renovar o contrato. Alguns meses antes, ele acertou alguns trabalhos com a Netflix. Ele, inclusive, gravou uma paródia musical debochando das novelas da Globo dizendo que aceitava qualquer trabalho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade