in

Guilherme se sente ameaçado e diz: ‘O que mais me preocupa é o meu psicológico’

Gshow

Na cozinha da casa mais vigiada do Brasil, Pyong fez algumas perguntas sobre o jogo de um modo geral, e Guilherme comentou sobre o seu próprio jogo e a suas estratégias no reality.

Publicidade

Guilherme disse que a melhor estratégia dele no confinamento é tentar enxergar as pessoas, e afirmou não ter certeza em nenhum momento se Lucas Chumbo seria ou não eliminado do jogo na terça.

Na sequência, o modelo falou sobre um ponto importante, dizendo que o que mais lhe causa preocupação é o seu psicológico dentro da casa, portanto, as pessoas já perceberam que podem usar isso contra ele.

Publicidade

Na sequencia Guilherme também conversou com Hadson sobre Pyong. O modelo disse que o coreano foi falar com ele interessado em saber sobre a sua estratégia no jogo, inclusive, se ele acredita que Pyong possa continuar sendo alvo de votos no próximo paredão.

Publicidade

O brother continuou dizendo que disse a Pyong que ele não consegue ter o poder da mente ainda, pra saber o que cada um está pensando. Mas que no momento ele pensa diferente, já que ainda não teve uma nova liderança no reality.

Publicidade

Em seguida, afirma que está jogando individual dentro da casa, portanto, fala o que quer.
Enquanto isso, os demais confinados seguem falando sobre estratégias dentro da casa.

Na noite de quarta, Guilherme estava sentado no sofá durante a festa do líder, o Brother disse que se sente ameaçado dentro da casa em relação ao próximo paredão, Lucas também afirmou que está com medo de ser alvo, em seguida, Mari Gonzalez disse que um deles tem que ganhar a prova do líder de qualquer maneira.

Guilherme acredita que não poderá disputar a prova do líder ao ser vetado por Petrix, Lucas diz que Pyong e Mari provavelmente serão vetados, se o líder tiver duas opções.

Publicidade
Publicidade
Publicidade