in

Maníaco de 17 anos ataca 10 mulheres, mata sem dó e punição que ele recebe revolta o país

Record TV / Arquivo pessoal Jennyfer

Os ataques do Maníaco e Marituba chocaram a cidade de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, capital do Pará. Na quarta-feira (22), a segunda vítima falta foi confirmada.

Publicidade

A jovem Jennyfer Karem da Silva Monteiro havia sido atacada de forma cruel dentro do modus operandi do suspeito de 17 anos, que foi apreendido pela polícia e prestou depoimento contando como agia para atrair as vítimas.

Segundo o suspeito, ele usava perfis fakes em redes sociais e fazia contato com as vítimas que escolhia. Ele oferecia trabalho para elas.

Publicidade

Jennyfer, por exemplo, foi atraída para realizar um trabalho estético a domicílio. No meio do caminho, ela recebeu contato do perfil fake dizendo que ela seria recepcionada pelo marido da suposta cliente.

Publicidade

Era tudo mentira do maníaco. Jennyfer foi estuprada e agredida. Ela ficou internada e a morte foi confirmada na quarta-feira, depois de alguns dias internada no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE).

Publicidade

O suspeito dos crimes foi preso, mas não deve ficar atrás das grades por muito tempo. O delegado do caso, Antônio Duarte, falou sobre isso. A punição que o Maníaco de Marituba vai receber está causando revolta em todo o país.

“O adolescente infrator ele não é regido pelo código penal, ele é regido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Ele poderá pegar até três anos de medida socioeducativa. É importante dizer que essa medida visa reeducar o menor, integrar essa pessoa por meio do diálogo, da família, do Ministério Público”, afirmou o delegado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!