in

Maníaco de 17 anos toca o terror no Pará, mata mulheres e detalhes são para estômago forte

Arquivo Pessoal Jennyfer / Divulgação Polícia Civil Pará

Um maníaco de 17 anos espalhou o terror na região metropolitana de Belém, no Pará. Os detalhes do crime e da crueldade aplicados pelo menor de idade para cometer os crimes chamam a atenção.

Publicidade

O Maníaco de Marituba, como está sendo chamado, teria atacado dez mulheres. Os casos foram registrados pela polícia. A engrenagem dos ataques é para quem tem o estômago forte.

O maníaco atraia as vítimas buscando-as pelas redes sociais. Em um país que ainda sofre com o desemprego, ele oferecia falsas oportunidades de trabalho.

Publicidade

“Ele usava um perfil feminino em uma rede social para atrair as vítimas e marcava com elas para prestar o serviço. Ao chegar no ponto de encontro as vítimas recebiam uma ligação dizendo que o marido da pessoa que pediu o serviço ia buscá-las”, contou o delegado geral Alberto Teixeira.

Publicidade

Segundo o delegado, neste momento o suspeito levava as vítimas para uma área de mata e cometia o estupro. Em um dos casos, o menor de idade teria tido a ajuda de um homem de 20 anos. Nos outros casos, ele agiu sozinho.

Publicidade

Das vítimas atacadas, duas morreram. Jennyfer Karem da Silva (foto que abre a matéria) foi atacada no sábado (11). Ela foi contratada para prestar serviços estéticos em domicílio por um perfil feminino falso.

Jennyfer estava internada no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, na região metropolitana de Belém. A morte foi confirmada na noite de quarta-feira (22).

Outra vítima fatal foi Samara Duarte Mescouto. Ela desaparece no dia 10 de janeiro e foi encontrada morta dois dias depois. Neste crime, o Maníaco de Marituba teria contado com a ajuda do comparsa maior de idade.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!