in

Fronteira entre Brasil e o Paraguai foi bloqueada

PR / Marcos Corrêa

No domingo (19), o Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou o bloqueio da fronteira entre o Brasil no trecho correspondente ao Mato Grosso do Sul devido a fuga de 76 detentos que estavam na Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, que ocorreu na madrugada de domingo.

Publicidade

Segundo informações da ministra da justiça do Paraguai, os fugitivos pertencem a uma facção brasileira, o Primeiro Comando da Capital (PCC) e inclui brasileiros e paraguaios que incluía nomes como o de Timóteo Pereira, líder da facção no presídio; além de seis pessoas que supostamente atuam como matadores de aluguel.

Vale destacar que o bloqueio da fronteira não significa que o trânsito entre Brasil e Paraguai ficará impedido, mas que há um reforço na segurança da região, com helicópteros e barreiras.

Publicidade

Até o momento, o ministro Sérgio Moro analisa a possibilidade de ampliar a restrição também a fronteira do Paraná, mas não há evidências ainda que isso irá ocorrer, já que depende de um pedido do governador do estado, Ratinho Junior (PSD), a semelhança do que foi feito pelo governador do Mato Grosso do Sul.

Publicidade

Brasil e Paraguai estão trabalhando em conjunto para a recaptura dos fugitivos. Para isso, a Secretaria de Operações Integradas acionou a equipe da Operação Hórus para auxiliar na operação de segurança nas fronteiras dos países. A equipe é especializada no combate de contrabandos na região, porém, atuará na linha de frente nas ações para a captura dos presidiários, já que está ambientada com a região.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Beka Assis

Redatora e curiosa, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.