in

Internet se apaixona por cachorro que foi abandonado por ter aparência estranha

Fox 8

Um cão de Nova Jersey chamado Jubileu está fazendo o maior sucesso nas redes sociais. A instituição de resgate Husky House fez uma publicação no Facebook para adoção do cachorro que recebeu muito interesse de internautas. 

Publicidade

A fêmea de quatro anos da raça Husky Siberiano foi deixada no local pelo dono que disse não poder vender o cão por conta da aparência estranha do animal. O cão se relaciona bem com outros cães, mas não pode ver gatos. Embora um pouco desconfiada, Jubileu ama pessoas.

Publicidade

A publicação feita na página faz uma apresentação da Jubileu, como se fosse ela falando sobre a sua vida: “Meu nome é Jubileu. Eu sou uma husky fêmea de 4 anos que está com a Husky House há muito tempo. Eu vim de um “criador” que não poderia me vender porque ele disse que eu era “estranho ” olhando. Os filhotes são cães de aparência majestosa e não sei por que não me pareço com eles”. Confira!

My name is Jubilee. I’m a 4 year old female husky who has been with Husky House for a long time. I came from a “breeder”…

Gepostet von Husky House am Dienstag, 14. Januar 2020

Publicidade
Publicidade

Apesar do olhar com expressão engraçada, o cão faz sucesso nas redes sociais. Muitos mostraram interesse em adotá-lo. “Acho que este cão é lindo, não engraçado, mas diferente, espero com o meu coração que este cão tenha uma segunda oportunidade de ter uma família amorosa e carinhosa maravilhosa, o mais rápido possível”, escreveu um internauta.

“Este cão tem a cara mais preciosa que eu já vi! Este cão merece uma casa amorosa incrível”, escreveu uma segunda pessoa na publicação. 

Em apenas quatro dias, a publicação de Jubileu rendeu até o momento mais de 4 mil compartilhamentos, mais de 2 mil comentários e milhares de curtidas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Ariane

Formada em pedagogia em 2011, atuo como redatora desde 2015. Produzo conteúdo sobre o que sou fã. Séries, músicas e tudo que envolve o mundo pop.