in

Reestreia de O Auto da Compadecida surpreende e segura público de Amor de Mãe

UOL

A reestreia da série O Auto da Compadecida, que foi originalmente exibida em 1999, marcou pontos altos no ibope noturno da Globo na cidade de São Paulo. O primeiro capítulo foi ao ar no dia 7, e marcou quase 30 pontos nos registros da emissora, segurando mais de 90% do público da novela do horário nobre, Amor de Mãe.

Publicidade

Esse é o melhor resultado de audiência da emissora em uma pós – novela em quase três meses, desde que o jogo do Corinthians x CSA marcou 28 pontos ao ser transmitido depois de A Dona do Pedaço.
A série superou ainda, a média de pontos do Jornal Nacional. Só foi menor do que Amor de Mãe e Bom Sucesso. 

A clássica série da Globo aborda com muito humor várias questões relevantes até hoje na atualidade, como a fé, morte e a luta pela sobrevivência. A história foi originalmente escrita no ano de 1955 como uma peça de teatro, por Ariano Suassuna, que morreu em 2014. O texto foi adaptado à minissérie 44 anos depois, e um ano depois foi possível assistir o filme com duração de duas hora no cinema, tempo menor do que a produção exibida na Globo.

Publicidade

A minissérie até então, nunca tinha sido reexibida, agora a mesma conta com uma nova abertura, episódios repaginados e novos efeitos gráficos. Com o avanço da tecnologia, algumas cenas tradicionais terão uma nova identidade visual.

Publicidade

O ator Selton Mello disse que é a oportunidade da série encantar as novas gerações que ainda não tiveram a oportunidade de assistir. E para as que assistiram somente o filme, irão assistir a obra por completa, com mais cenas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade