in

Decepção em Amor de Mãe: sem vilão, personagens não teriam torcida do público’1

UOL

A novela Amor de Mãe, do horário nobre da Rede Globo, foi esperada pra ser uma das melhores produções da emissora nos últimos tempos. A expectativa era grande com a trama, os telespectadores esperavam histórias e personagens interessantes.

Publicidade

A autora Manuela Dias procurou, desde o início do folhetim, mostrar que o mundo não pode ter apenas pessoas que são totalmente boas ou ruins. A mesma resolveu fazer algo inédito até então nas novelas, não existe vilão na trama, o destino é o grande vilão. Com isso, os personagens acabam cometendo alguns deslizes.

Para começar, umas das protagonistas da novela matou o marido acidentalmente, e, como se não bastasse, levou um celular escondido dentro de um bolo para o filho que estava preso na cadeia.

Publicidade

Todo mundo erra e acaba mostrando isso em algum momento da vida, mas a maneira de encarar os erros, na trama, não está conquistando o público como imaginavam. Ao mesmo tempo, surgem alguns questionamentos no telespectador. Por exemplo, como condenar alguém? Quem tem salvação?; entre outros.

Publicidade

Esses questionamentos caem como uma luva para os personagens de Amor de Mãe. A novela tem mostrado um lado mais sentimental e, com isso, as interrogações são instintivas. É pra odiar ou amar o personagem do Murilo Benício? Pode confiar em Sandro? É normal odiar os pais da youtuber que não tem respeito nenhum pelos mesmos?

Publicidade

Ou seja, não tem como torcer pelos personagens da trama. O que pode ser feito no momento é exercitar o amor de mãe, que tem se demonstrado ser incondicional.

Publicidade
Publicidade
Publicidade