in

Mãe esquece bebê e menina dentro do carro quente no verão; temperatura chegou a 60º C

Divulgação/bebemamae

Atualmente, a maioria das pessoas vive na correria, com excesso de compromissos e sempre preocupados com o tempo. Infelizmente, isso tem causado um grande cansaço tanto físico quanto mental. O reflexo disso é o grande índice de doenças como estresse, depressão, síndrome do pânico e até mesmo esquecimento.

Publicidade

Foi isso que aconteceu com uma mãe neste último domingo, 29 de dezembro, em Melbourne, na Austrália. Ela acabou esquecendo os filhos dentro do veículo no extremamente quente em pleno verão. As crianças foram deixadas no carro no estacionamento de um shopping.

Para piorar ainda mais a situação, as crianças ficaram dentro do veículo quente no horário de 13h, quando as temperaturas estão mais altas. Segundo informação dos policiais, estava aproximadamente 25 graus, mas dentro do carro a temperatura chegou a 60 graus.

Publicidade

Pessoas que transitavam no local perceberam que havia crianças dentro do automóvel e acionaram a polícia. Os agentes precisaram arrombar o vidro para conseguir retirar os pequenos. Eles sofreram as consequências do calor forte e foram encaminhadas para atendimento no hospital. Felizmente, elas passam bem e não houve piores consequências.

Publicidade

A idade dos pequenos não foi revelada, mas os agentes que atenderam a ocorrência disseram que a menininha tem idade para estar cursando o primário. A mãe das crianças tem 29 anos e foi presa por ter deixado os filhos sozinhos dentro do carro quente. Ainda não foi revelado qual será o destino das crianças.

Publicidade

O caso aconteceu depois de várias situações envolvendo crianças esquecidas no carro pelos pais. No total, somente em dezembro, outras oito crianças também passaram pelo mesmo tipo de situação.

A grande quantidade de casos está fazendo com que as autoridades locais façam alerta aos pais sobre os riscos que as crianças correm ao serem deixadas dentro de um veículo, principalmente em dias de calor intenso. Infelizmente, muitos pequenos já perderam a vida desta maneira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade